Depressão

Depressão

A Depressão é uma patologia complexa, porque tem várias origens, vários fatores desencadeantes e diferentes formas de se apresentar. Depressão não é sinónimo de tristeza, mas pode incluir tristeza, como se pode evidenciar com outros sinais e sintomas, alguns aparentemente distantes do entendimento comum do que é uma Depressão. Depressão enquanto doença identificável e diagnosticada é diferente de momentos, sentimentos ou vivências de tristeza.

A tristeza em si é um sentimento comum a todos nós, da mesma forma que o é a alegria, mas quando persiste e é incapacitante passa a ser Depressão. Pode acontecer a tristeza na Depressão, mas também pode não ser evidente, ou haver sintomas que se sobrepõem à tristeza. A Doença Depressão tem uma prevalência maior no sexo feminino que no sexo masculino e aumenta nas faixas etárias mais avançadas. É das patologias que dá mais incapacidade não fatal, mas é ela própria a maior causa de suicídio e contribuí para desencadear ou agravar um sem número de outras doenças, que podem ser fatais.

Entre outros, um dos compromissos da Depressão pode ser deterioração cognitiva com perda de memória e de concentração, só resultante da Depressão por si, por agravamento de Doença Degenerativa do Sistema Nervoso Central concomitante ou como expressão de Doença Degenerativa do Sistema Nervoso Central, como acontece em certas formas de Demência.

Há muitos diagnósticos de Doença de Alzheimer ou doenças relacionadas falsos por serem Depressão com compromisso cognitivo. A deterioração cognitiva na Depressão é reversível, mas pode, se não for tratada desencadear tipos de Demência.